Multas de Trânsito

Um pequeno descuido pode acarretar uma grande confusão. Há tantas piadas ou situações engraçadas inventadas a partir deste que é um dos grandes aborrecimentos da vida cotidiana: uma multa de trânsito.

Multas de trânsito podem acontecer a qualquer momento, sem nenhum exagero. Desde um estacionamento em área não permitida, até os famigerados radares de velocidade, as chances de ser pego por uma multa (tendo ou não cometido uma infração) são grandes. Aqui, um rápido guia sobre multas de trânsito:

Multas acontecem, não entre em pânico

O pensamento natural de um motorista que recebe uma multa é ficar com raiva, seja de si mesmo, seja dos policiais ou radares que o multaram. Mas não é necessário perder a cabeça: nem sempre a multa precisará ser paga, e os pontos na carteira não aparecerão. Há diversos escritórios de advocacia especializados em contestar multas de trânsito. Contatá-los é uma boa ideia.

Caso a multa tenha sido aplicada com alguma irregularidade, como a não-advertência de que há radares na rua em que se trafega (advertência esta prevista por lei), as chances são grandes de conseguir a revisão das multas de trânsito. Mas, claro, recomendamos que a contestação só seja feita caso o motorista acredite que é inocente. Não é certo tentar burlar o sistema se você está errado: apenas pague e aprenda com o erro.

Tipos de multas de trânsito:

Infração Leve – multa de R$ 53,20 – 3 pontos na carteira

São infrações simples, sem grandes consequências, como dirigir sem cinto de segurança, estacionar muito longe da guia ou estacionar em acostamento.

Infração Média – multa de R$ 85,13 – 4 pontos na carteira

São infrações com grau de gravidade um pouco maior, e com multas também um pouco maiores. Exemplos são estacionar veículo na contramão, distribuir placas sem autorização ou transitar com lotação excedente.

Infração Grave – multa de R$ 127,69 – 5 pontos na carteira

Infrações que não podem ser cometidas por pessoas na fase de experiência, sob custo de apreensão da carteira. A multa também fica mais salgada. Exemplos: estacionar em fila dupla, exceder um pouco a velocidade permitida, estacionar em viadutos ou pontes.

Infração Gravíssima – multa a partir de R$ 191,54 – 7 pontos na carteira

Este tipo de infração é assim chamado por causar extremo risco ao trânsito. O que mais ocorre é por excesso grande de velocidade, mas também pode ser mais grave, como dirigir sem a devida autorização.

Deixe um comentário